segunda-feira, novembro 15, 2010

SANTA SÉ DIVULGA EXORTAÇÃO PÓS-SINODAL SOBRE A PALAVRA DE DEUS


Foi divulgada na quinta-feira, dia 11, pela Santa Sé, a Exortação Pós-Sinodal Verbum Domini, referente ao sínodo sobre a Palavra de Deus, realizado em Roma de 5 a 26 de outubro de 2008.  A Exortação foi assinada pelo papa Bento XVI no dia  30 de setembro deste ano, dia de São Jerônimo.
O novo documento, com 208 páginas, consta de três partes, além de uma introdução e uma conclusão. A primeira parte fala sobre a Palavra de Deus (Verbum Dei); a segunda discorre sobre a Palavra na Igreja (Verbum in Ecclesia) e a última trata da Palavra no mundo (Verbum mundo).
A íntegra do documento está no site da Santa Sé. Acesse aqui.

domingo, novembro 14, 2010

EXEMPLO DE SOLIDARIEDADE DO ARCEBISPO DE MILÃO, CARDEAL TETTAMANZI


Infelizmente os nossos noticiários convencionais de grande porte não costumam divulgar boas noticias! Gestos de caridade que deveriam ser destacados como modelo e exemplo, passam despercebidos pelos meios de comunicação de massa.
E, nesse sentido, partilho com os poucos leitores desse blog, um fato exemplar de digno de reconhecimento, do arcebispo de Milão-Itália, o Cardeal Tettamanzi. Diante da crise profunda vivida pela Europa na atualidade, muitas pessoas perderam emprego, e conseqüentemente, caiu a renda para o digno sustento de suas famílias. A Igreja Católica, instituição historicamente marcada pelo exercício da caridade, não ficou alheia a esta situação de crise, e entrou em ação através de seus organismos sociais, no sentido de ajudar às famílias prejudicadas pela tal crise. Destaca-se nesse sentido, o trabalho da CARITAS, órgão presente em todas as dioceses.
A cáritas procura angariar recursos e justamente distribuí-los diante das situações de necessidade. E, na Arquidiocese de Milão, a caritas recebeu uma ajuda extraordinária! O próprio arcebispo, Cardeal Dionigi Tettamanzi, está vendendo seus próprios bens pessoais e doando a renda ao fundo da Cáritas, dando assim um testemunho profundo de pratica da caridade e de renuncia aos bens materiais. Dentre os bens doados, destaca-se sobretudo sua coleção de obras de arte. Com certeza será uma grande ajuda para o “Fundo Família e Trabalho”, órgão da cáritas de Milão, e criado pelo próprio Cardeal Tettamanzi em 2008, quando começou a atual crise.
Será uma ajuda bastante significativa, pois na coleção do cardeal se encontram obras de grande valor, muitas raras, adquiridas ao longo dos anos pelo Cardeal Tettamanzi. Os valores das peças variam de 50 euros até 5000 euros. Pena que gestos como esse ocupam pouco espaço nos grandes meios de comunicação. Um exemplo a ser admirado por todos.
Pra conclui, uma frase do próprio Cardeal Tettamanzi: “A verdadeira solidariedade não é apenas uma concessão a quem está necessitando, mas sim a realização mais plena e umanizante da justiça”.

terça-feira, novembro 02, 2010

500 ANOS ESTA NOITE! (Poema em homenagem a DILMA ROUSSEF)

De onde vem essa mulher
que bate à nossa porta 
500 anos depois?
Reconheço esse rosto estampado
em pano e bandeiras e lhes digo:
vem da madrugada que acendemos
no coração da noite.

De onde vem essa mulher
que bate às portas do país
 
dos patriarcas em nome
dos que estavam famintos
e agora têm pão e trabalho?
Reconheço esse rosto
 
e lhes digo:
vem dos rios subterrâneos da esperança,
que fecundaram o trigo e
 
fermentaram o pão.

De onde vem essa mulher
que apedrejam, mas
 
não se detém,
protegida pelas mãos aflitas dos pobres
que invadiram os espaços de mando?
Reconheço esse rosto e lhes digo:
vem do lado esquerdo do peito.

Por minha boca de clamores e silêncios
ecoe a voz da geração insubmissa para contar 
sob sol da praça
aos que nasceram e aos que nascerão,
de onde vem essa mulher.
Que rosto tem, que sonhos traz?
Não me falte agora a palavra que retive
ou que iludiu a fúria dos carrascos
durante o tempo sombrio
que nos coube combater.

Filha do espanto e da indignação,
filha da liberdade e da coragem,
recortado o rosto e o riso como centelha:
metal e flor, madeira e memória.

No continente de esporas de prata
e rebenque, o sonho dissolve a treva espessa, recolhe os cambaus, a brutalidade,
 
o pelourinho, afasta a força que sufoca e silencia
séculos de alcova, estupro
 
e tirania e lança luz sobre o rosto dessa mulher
que bate às portas do nosso coração.

As mãos do metalúrgico,
as mãos da multidão inumerável
moldaram na doçura do barro
e no metal oculto dos sonhos
a vontade e a têmpera
para disputar o país.

Dilma se afarta da luz
que esculpiu seu rosto
ante os olhos da multidão
para disputar o país,
para governar o país.
Nasce uma nova aurora:
BOM DILMA!!!

Autor: Pedro Tierra